Sedentarismo causa exclusão social.

Se as pessoas soubessem o quanto perdem ao escolher não praticar o exercício físico, talvez o colocariam como prioridade diária.

Convivemos diariamente com pessoas que preferem o estresse ou a dor causada por patologias ao invés da prática do exercício físico.

Conhecemos idosos que estão excluídos da sociedade por falta de movimentos básicos funcionais, que os impossibilitam de fazer movimentos vigorosos e participar das atividades cotidianas, porque são rabugentos, depressivos, reclamões e não conseguem acompanhar o ritmo acelerado do ambiente familiar.

Pessoas obesas que sofrem com suas patologias crônicas causadas pelo excesso de peso, que se arrependem de ter tomado a decisão de agir de forma incontrolada e eufórica, que encaram a dura realidade de um indivíduo com limitações, poucos são aqueles que conseguem imaginar o processo reverso.

Infelizmente muitos de nós não sabe a dor que essas pessoas enfrentam diariamente e quão frustante é se sentir preso a falta de mobilidade do corpo.
De uma forma ou de outra ambos se encontram excluídos pelo mesmo motivo “INCAPACIDADE FUNCIONAL”, sem falar nas dores que os debilitam.

Olhando o mundo a nosso redor não conseguimos enxergar a vida sem o exercício físico, ele deve ser o hábito necessário e diário tal qual tomar banho.

Muitas pessoas a nossa volta já nos disseram ” eu fiz exercício físico a vida toda”, como se houvesse um estoque pra armazenar movimento feito, não importa a quantidade de exercícios que você fez e nem a quanto tempo você o praticou, após 6 meses de inatividade muscular o organismo entende que é novamente um SEDENTÁRIO.

Péssimas notícias não…

É inegável que vivemos um novo tempo em nossa sociedade, as profissões foram e serão substituídas dia a após dia por máquinas que podem trabalhar…trabalhar e trabalhar de forma incansável, em um futuro bem próximo precisaremos apenas de nossa inteligência cognitiva e relacional.

O que será de nossos membros, articulações, músculos, do corpo como um todo, eles se atrofiam você sabia?

Trabalhamos sentados a maior parte de nossos dias, estamos perdendo a noção do tempo e deixando a vida nos levar, pra onde?

Em um artigo anterior comentei sobre idosos, informei que nos próximos 20 anos seremos a maioria da população em nosso país.

É preocupante, porque ao vislumbrar o futuro dentro do contexto das condições atuais, podemos imaginar uma população de obesos e idosos.

No dia a dia contemplamos pessoas preocupadas com sua estética, não que isso não seja importante, mas defendemos aqui em outros conteúdos que a saúde e a mobilidade deve ser a prioridade máxima do indivíduo, já que sem ele estaremos sujeitos e reféns da doença, da dor, das pessoas e perderemos toda a independência de ir e vir de lá pra cá.

Triste realidade…

Então, em qual grupo quer estar?

Você tem uma única escolha, a de se movimentar enquanto é tempo.

Não é na próxima 2 feira, ou no próximo verão, ou no próxima ano…o começo deve ser agora, quanto maior o tempo de vida em movimento, menos consequências seu corpo vai sofrer.

Se ainda não está convencido disso, leia nossos outros conteúdos, talvez consigamos fazer você mudar de ideia.

Um grande beijo, nos encontramos nos outros posts…Bye Bye